. Tecnologia da Informação  . Processos do gerenciamento de configurações
gerenciamento-de-configuracoes

Processos do gerenciamento de configurações

Os principais objetivos da gestão de configuração de software é: identificar todos os itens que definem a configuração do software, gerir as modificações destes itens, facilitar o desenvolvimento de diferentes versões de uma aplicação e garantir que a qualidade do software seja mantida.

Atividades de GCS são utilizadas para alcançar tais objetivos. São elas: identificação dos itens de configuração, controle de versão, controle de modificação, auditoria de configuração e preparação de relatórios.

  • Identificação dos Itens de Configuração: Atividade de identificação, definição de nomenclatura e descrição dos itens que deverão ficar sob o controle da gerência ao longo do processo de modificações. Esta atividade se inicia com a análise dos itens que estará entre os mais usados, assim como os de maior importância ou os mais críticos ao longo do ciclo de vida do software, e a partir desta análise, os itens identificados deverão ser controlados. Um item de configuração pode ser identificado mesmo após um grande período de utilização da GCS.
  • Controle de versão: Atividade também conhecida como versionamento, tem o intuito de controlar uma versão de software para atualização, fornecer um histórico sobre os itens do projeto, sincronizar as mudanças realizadas por cada profissional além de gerenciar a existência de diferentes versões simultâneas. O controle de versão é a junção de procedimentos e ferramentas, que se utiliza de um repositório para armazenar os itens de configuração.
  • Controle de modificação: Atividade onde o objetivo é ter o controle de todos e qualquer pedido de mudança. Tem inicio com uma solicitação ou requisição de mudança que passará por um processo burocrático, ilustrado abaixo, que deverá ser avaliado por uma pessoa ou um grupo de pessoas quanto a sua prioridade, complexidade, entre outros fatores, que de acordo com esta avaliação poderá ser realizada ou não.

img-gerenciamento-de-configuracoes

  • Auditoria de configuração: Atividade de validação quanto à integridade do software, consistência entre os itens de configuração, assim como as omissões ou efeitos colaterais em potencial. A auditoria pode iniciar com: uma revisão técnica formal partindo para a verificação de questões como. A modificação foi especificada? Foi incorporada alguma função adicional? Processos e normas de engenharia foram seguidos no desenvolvimento? Todos os itens foram devidamente atualizados? Dentre outras questões para garantir que as implementações foram devidamente implementadas.
  • Preparação de relatórios: Atividade de preparação de relatórios destinados a gerência e aos profissionais que precisem ser informados quanto ao histórico de um item de configuração.