W. Edwards Deming

86 0
linhas-pensamento-qualidade

As principais contribuições dos estudiosos da qualidade podem ser identificadas sobre seus modelos e padrões de qualidade que são utilizados e servem de fundamento teórico para as metodologias que são utilizadas hoje. Neste artigo será abordado o trabalho de W. Edward Deming que é considerado um dos principais gurus da qualidade.

W. Edwards Deming

Sendo reconhecido como o pai do renascimento do Japão pós-guerra, as ideias de Deming nortearam o conhecimento a respeito da qualidade, tendo dentre de suas principais características à constância de propósitos voltada ao poder de motivação, que busca em todos os colaboradores satisfação, orgulho e felicidade no trabalho e no aprendizado, assim como outros atributos que são resumidas em 14 pontos, os 14 pontos de Deming como é reconhecida. Onde o princípio é mudar o conceito de fazer rápido para o conceito fazer corretamente. São eles:

  1. É necessário existir um plano para o futuro, criar uma constância de propósitos de aperfeiçoamento do produto e do serviço, a fim de torná-los competitivos, perpetuá-los nos mercado e gerar empregos.
  2. A mudança se faz necessária, sendo necessário adotar novas filosofia para atingir objetivos almejados.
  3. Acabar com a dependência de inspeção para a obtenção da qualidade, de modo que se faz necessário a eliminação de defeitos na origem.
  4. Acabar com a prática de negócio compensador baseado apenas no preço inicial, valendo-se da máxima que o barato pode acabar saindo caro, devido a possíveis gastos posteriores necessários.
  5. Aperfeiçoar constantemente e continuamente todos os processos relacionados à empresa, onde todos os profissionais estejam inseridos, com o objetivo de aumentar a qualidade e a produtividade e, consequentemente reduzir os custos.
  6. Fornecer treinamento, de modo que todos possam atuar de acordo com as suas respectivas funções.
  7. Adotar e estabelecer liderança, com o objetivo de melhorar processos e ajudar os profissionais a realizar um trabalho melhor.
  8. Eliminar o medo, de modo que os profissionais não trabalhem inseguros.
  9. Quebrar barreiras entre departamentos, onde todos trabalhem juntos com o mesmo objetivo de alcançar a satisfação do cliente.
  10. Eliminar os slogans, pôsteres e metas dirigidas aos profissionais, que não resultem na melhora de qualidade e podem trazer frustrações e ressentimentos.
  11. Eliminar a utilização de qualquer cota numérica de metas de gerenciamento.
  12. Remover barreiras para que os profissionais se sintam orgulhosos por seu trabalho. Isso significa a abolição das avaliações de desempenho ou de mérito e da administração por objetivos ou por números.
  13. Estabelecer um programa rigoroso de educação e processos onde os profissionais consigam se desenvolver sozinhos.
  14. Para que os 13 pontos anteriores ocorram é importante que todos contribuam para realizar as transformações. A transformação é tarefa de todos.

 

A Filosofia do melhoramento contínuo possui como sua mais conhecida representação o ciclo PDCA, que é uma adaptação de Deming a partir de uma técnica proposta por Walter Shewhart. Praticando-se de forma cíclica e ininterrupta, o ciclo PDCA promove a melhoria contínua e sistemática na organização, consolidando a padronização de práticas. Os passos envolvidos são:

img-PDCA

 

  • Plan (Planejamento): Estabelecimento dos objetivos e metas, e desenvolvimento de métodos, para alcançá-los.
  • Do (Execução): Execução do que havia sido planejado.
  • Check (Verificação): Verificação entre as metas desejadas e os resultados obtidos.
  • Act (Agir Corretivamente): Buscar causas a fim de prevenir a repetição de defeitos, ou adotar como padrão o planejado na primeira fase.

Girar o ciclo PDCA significa obter previsibilidade nos processos e aumento da competitividade organizacional. Entretanto não basta girar o ciclo PDCA, também se faz necessário a utilização dos 14 pontos de Deming, para que profissionais sigam na mesma direção.

A contribuição de Deming pode ser observada na preocupação do ambiente de trabalho e principalmente na preocupação ao profissional além de outros pontos para a melhoria organizacional, por meio de conceitos que abrangem uma série de atividades, mas que foram expostas de modo simples o que facilita seu entendimento e implementação.