. Tecnologia da Informação  . Problemas de Manutenção de Software: Fator equipe
fator-equipe

Problemas de Manutenção de Software: Fator equipe

Problemas de Manutenção de Software: Fatores humanos-equipe, se referem às situações que podem ocorrer na organização, mas que dizem respeito às ações ou opinião dos mantenedores do software, seriam elas:

  • Falta de uma equipe de manutenção: a carência de uma equipe de manutenção pode tornar a atividade ineficaz, por não ser realizado por profissionais especializados e em conjunto o que poderia torná-la mais eficaz do que repassá-las a profissionais que não estejam tão habituados e não conte com a ajuda de outro profissional.
  • Elevada rotatividade dos profissionais: a alta rotatividade entre os profissionais exige trabalho de adaptação e treinamento de um novo profissional que demanda tempo e atenção de outros profissionais e que nem sempre tem uma substituição que supra a ausência do profissional anterior.
  • Mantenedores lamentam por não possuírem contato com o estado-da-arte da tecnologia: tendo os mantenedores à função de realizar a manutenção em softwares que com o passar dos anos vão ficando cada vez mais obsoleto os profissionais ficam desmotivados por não acompanharem as tendências tecnológicas ficando cada vez mais desinteressados.
  • Preferência dos profissionais por trabalhos de desenvolvimento: Desenvolver um software pode ser mais gratificante do que reparar um existente, pela oportunidade de utilizar e aprender novos conceitos entre outros benefícios que a atividade de desenvolvimento pode proporcionar em relação a manutenção.
  • Manutenção de software é vista como uma tarefa não prestigiosa: Tendo a atividade de manutenção uma imagem de que pouco prestigia seus profissionais, o desinteresse pela manutenção pode aumentar com o tempo de forma que seus profissionais não ambicionem continuar por muito tempo realizando tal atividade.
  • Falhas de comunicação com o usuário: Abordagem ineficiente das necessidades do cliente torna o processo de especificação dispendioso e desgastante de forma que o resultado em alguns casos não seja a manutenção adequada e necessária.
  • Métodos inadequados de testes: Os testes no software quando não realizados adequadamente, podem conter falhas que quando não detectados pode se propagar e quando detectados exigir mais mão de obra dos profissionais por terem de encontrar outros erros e seus impactos.
  • Documentação insuficiente ou superficial (software alterado): Sem a documentação atualizada, o mantenedor não pode assegurar que sua atividade não terá impactos em locais diferentes de sua manutenção e nem ter suporte de informações que possa tornar o processo mais eficiente e confiável.